Blog do Dalton Di Franco - jornalista, radialista, administrador de empresas, consultor de marketing, professor universitário e bacharelando em Direito - daltondi.franco@bol.com.br


Dalton Di Franco chega a mil programas com o Plantão de Polícia

Líder de audiência desde o dia 16 de maio de 2005 quando foi levado ao ar pela primeira vez pela Redetv Rondônia, às 13h, o programa Plantão de Polícia chega nesta sexta-feira 17 de abril à edição de número 1000, mais uma marca inédita na vida de seu apresentador, o jornalista Dalton Di Franco, que é o pioneiro em programas policiais. Em Rondônia ele também é o profissional que já ficou mais tempo no rádio, 15 anos ininterrupto com O Crime Não Compensa iniciado na rádio Caiari e depois apresentado na extinta Rádio Eldorado, hoje RBN.

Na Redetv Rondônia, o Plantão de Polícia é – ao lado do Fala Rondônia – o carro-chefe da emissora em audiência e faturamento. “Pode-se hoje afirmar que se não foi divulgado no Plantão, o fato não aconteceu”, afirma Shara Alencar, editora e produtora do programa. Além da versatilidade da informação, o que mobiliza uma grande equipe de profissionais formados por repórteres, cinegrafistas, editores, operadores de estúdio e diretores de TV, o Plantão de Polícia também é campeão em mobilização social. “Quando fazemos apelos em favor de pessoas necessitadas, recebemos da população a respostas imediata”, afirma Jane Carla, assistente de produção do programa.

O Plantão de Polícia nasceu como um quadro do programa Fala Rondônia, recorda Sérgio Demomi, diretor-geral do SGC, o Sistema Gurcacz de Comunicação. “Quando iniciamos nossas atividades em Porto Velho como cabeça da rede, percebemos a necessidade de termos em nossa grade um programa voltado para a área da segurança pública. Fizemos uma busca no mercado encontrando Dalton Di Franco que já vinha de experiências no rádio e na TV local. Com a contratação dele, conseguimos cobrir uma lacuna e hoje temos orgulho do que é o Plantão de Polícia: audiência e prestação de serviço”, assinala Demomi.

 

SERVIÇOS

Em quatro anos de atuação, o Plantão de Polícia, entre muitos serviços prestados, ajudou a Secretaria da Segurança do Estado a esclarecer dezenas de crimes ao exibir imagens de suspeitos que foram prontamente reconhecidos pelas vítimas.

- Em um desses casos, mostramos um homem que havia sido preso acusado de estuprar uma mulher. No mesmo dia em que foi mostrado no programa, pelo menos oito mulheres que haviam sido abusadas por ele o reconheceram e procuraram a Delegacia de Defesa da Mulher para denunciá-los - recorda Juarez da Silva, o mais antigo cinegrafista do programa. Na época Juarez filmou o suspeito. Ele e Edson Falcão, cuidam das imagens externas do programa.

Leonel Pereira e Fred Santos, a dupla de repórteres com atuação na Capital, recorda que o Plantão de Polícia ajudou também a Polícia a localizar em Porto Velho a pequena Camile Vitória, de 2 anos, que havia sido raptada pela babá no dia 3 de abril de 2008 em Ariquemes. “A dona de casa Maria Lucivânia de Oliveira que assistiu a matéria sobre o rapto da criança no programa Plantão de Polícia da Redetv!, reconheceu a babá e a criança. Em seguida ela ligou para a Polícia”, recorda André Fernando, diretor de TV.

A guarnição com os PMs Ramalho, Raiala e Lasmar compareceu ao local indicado, no bairro Três Marias, apreendendo a babá, de 14 anos, e resgatando o bebê, por volta das 22h54. A acusada confessou aos PMs que teria sido forçada pela mãe da criança para praticar o rapto. A babá foi apresentada na Central de Polícia e depois de ouvida, sendo entregue aos pais que residem em Candeias do Jamari. A pequena Camile se queixava de estar com saudades de casa. O delegado Rilmo Braga, de Ariquemes, conversou por telefone com o delegado Carlos Alberto Marques Ribeiro Filho, que estava na Central de Polícia, esclarecendo o episódio.

 

CASO MARCANTE

O caso que mais repercutiu até então foi o rapto do pequeno Pedro Henrique, de apenas 11 dias de nascido, levado por uma mulher, na manhã do dia 19 de maio do ano passado, do banco de leite do Hospital de Base. O bebê foi localizado no dia seguinte pela produção do programa Plantão de Polícia, da Redetv! Ele havia sido deixado pela raptadora aos cuidados de uma família, na zona Sul da Capital.
Segundo Dalton Di Franco, produtor e apresentador do Plantão de Polícia, “a divulgação da notícia do rapto ainda no programa feito no dia do rapto, contribuiu para que a criança fosse localizada. A notícia repercutiu intensamente. A mulher que havia recebido a criança acompanhou a divulgação do episódio e na manhã de ontem manteve contatos com a produção”, recorda o jornalista.
A mulher explicou que a suposta raptora havia alegado ter recebido a criança em um posto de saúde, tentando despistar qualquer suspeita. “Após confrontarmos os dados, pedimos à mulher que estava com o bebê que o trouxesse aos estúdios da Redetv! Ela atendeu. Chamamos ainda os policiais militares da guarnição do sargento De Carvalho e os agentes Alan e Clóvis, da Delegacia da Proteção à Criança e ao Adolescente, DPCA). Em seguida, chamamos a família. A avó que compareceu à nossa produção, de pronto, reconheceu o neto, acabando o mistério”, explica Dalton.
Conforme os policiais, o bebê foi raptado enquanto a mãe adentrava ao banheiro. A mulher fugiu com a criança, tendo embarcado em um táxi e descido na frente da Estação Rodoviária. Ela foi filmada pelo circuito interno da SEMUR quando observava a saída do táxi, sendo reconhecida pela mãe do bebê. Depois, através de outro táxi, dirigiu-se à zona Sul quando entregou a criança para a funcionária de uma loja de eletrodomésticos.
Para o diretor-geral do SGC, Sérgio Demomi, essa é a função social da Redetv! através de seus programas. “Além de informamos os fatos, ainda ajudamos as autoridades na solução de problemas que afetam à sociedade. Nesses dois casos, o Plantão de Polícia teve papel decisivo”, afirma o diretor, cumprimentando a equipe comandada pelo jornalista Dalton Di Franco, que sempre agiu com responsabilidade, versatilidade e competência.

 

DALTON

Polêmico, dinâmico, informativo e versátil, Dalton Di Franco sabe comunicar com o povo, sem perder o humor. Com 30 anos de profissão, ele cativou a população, tornando-se o melhor apresentador de televisão de Rondônia - eleito por três anos consecutivos pelo IDEP. "Dalton é um ícone na comunicação em Rondônia. Ele transformou o programa Plantão de Polícia em algo que faz parte da vida cotidiana do povo", afirmou Faro Fino, que nas férias de janeiro e recentemente em março substitui Dalton Di Franco na apresentação do programa.

Jornalista, radialista, publicitário, administrador de empresa, professor universitário e bacharelando em Direito, Dalton Di Franco é exemplo de profissional multimídia de credibilidade. “Não é à toa que ele é líder de audiência”, conclui Sérgio Demomi.

 

 



Escrito por dalton di franco às 21h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Dalton Di Franco comanda audiência na TV de Rondônia

 

Depois de passar um mês de férias, em janeiro, o jornalista Dalton Di Franco voltou a comandar o programa Plantão de Polícia, na Redetv!, no dia 2 de fevereiro, e continua liderando a audiência no Estado. Polêmico, dinâmico, informativo e versátil, Dalton Di Franco sabe comunicar com o povo, sem perder o humor. Com 30 anos de profissão, ele cativou a população, tanto que durante as férias, o apresentador Faro Fino, que o substitui, procurou com enorme empenho comandar o programa, sentindo o peso de estar no lugar do melhor apresentador de televisão - eleito por três anos consecutivos pelo IDEP. "Dalton é um ícone na comunicação em Rondônia. Ele transformou o programa Plantão de Polícia em algo que faz parte da vida cotidiana do povo", afirmou Faro Fino, que voltou a Ji-Paraná, para apresentar o programa local.

Professor de Marketing, administrador de empresas e bacharelando em Direito, Dalton Di Franco tem introduzido na TV uma linguagem diferente e uma nova maneira de fazer jornalismo. Ele é assistido pelo telespectador da periferia, mas tem grande penetração na camada social mais alta. "Falo para o doutor, para o empresário e para o povão sem perder a linha", afirma Dalton Di Franco, que sempre faz campanha beneficente para ajudar a quem precisa. Por ocasião da campanha Rondônia abraça Santa Catarina ele foi à rua debaixo de chuva, conseguindo, em dois dias, arrecadar três carretas de alimentos.

 

POLITICA

 

Neste ano, nas pesquisas eleitorais ele voltou a ser citado como um forte candidato a deputado estadual, chegando a ser lembrado para deputado federal e senador. "Eu não quero falar sobre isso, mas agradeço ao povo por lembrar de mim", afirma Dalton Di Franco que já foi vereador em 1988, com a segunda maior votação da Capital, e deputado estadual em 1990, com a sexta maior votação do Estado.

A decisão se aceitará a candidatura em 2010, segundo Dalton Di Franco, fica para outra ocasião. Por enquanto ele continua comandando o Plantão de Polícia, lecionando na faculdade e estudando Direito, além de fazer o que mais gostar: falar o que o povo quer ouvir. Para conferir é só ficar ligado no melhor programa policial do Brasil, o Plantão de Polícia, de segunda a sexta-feira, a partir das 13h, e aos sábados, com o Sábado Total, às 12h20 - logo após o Jornal da Rede, na Redetv Rondônia, canal 17, pela internet www.redetvro.com.br e www.tvjornet.com.br

 



Escrito por dalton di franco às 12h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Dalton Di Franco comanda audiência na televisão de Rondônia

Depois de passar um mês de férias, em janeiro, o jornalista Dalton Di Franco voltou a comandar o programa Plantão de Polícia, na Redetv!, no dia 2 de fevereiro, e continua liderando a audiência no Estado. Polêmico, dinâmico, informativo e versátil, Dalton Di Franco sabe comunicar com o povo, sem perder o humor. Com 30 anos de profissão, ele cativou a população, tanto que durante as férias, o apresentador Faro Fino, que o substitui, procurou com enorme empenho comandar o programa, sentindo o peso de estar no lugar do melhor apresentador de televisão - eleito por três anos consecutivos pelo IDEP. "Dalton é um ícone na comunicação em Rondônia. Ele transformou o programa Plantão de Polícia em algo que faz parte da vida cotidiana do povo", afirmou Faro Fino, que voltou a Ji-Paraná, para apresentar o programa local.

Professor de Marketing, administrador de empresas e bacharelando em Direito, Dalton Di Franco tem introduzido na TV uma linguagem diferente e uma nova maneira de fazer jornalismo. Ele é assistido pelo telespectador da periferia, mas tem grande penetração na camada social mais alta. "Falo para o doutor, para o empresário e para o povão sem perder a linha", afirma Dalton Di Franco, que sempre faz campanha beneficente para ajudar a quem precisa. Por ocasião da campanha Rondônia abraça Santa Catarina ele foi à rua debaixo de chuva, conseguindo, em dois dias, arrecadar três carretas de alimentos.

 

POLITICA

 

Neste ano, nas pesquisas eleitorais ele voltou a ser citado como um forte candidato a deputado estadual, chegando a ser lembrado para deputado federal e senador. "Eu não quero falar sobre isso, mas agradeço ao povo por lembrar de mim", afirma Dalton Di Franco que já foi vereador em 1988, com a segunda maior votação da Capital, e deputado estadual em 1990, com a sexta maior votação do Estado.

A decisão se aceitará a candidatura em 2010, segundo Dalton Di Franco, fica para outra ocasião. Por enquanto ele continua comandando o Plantão de Polícia, lecionando na faculdade e estudando Direito, além de fazer o que mais gostar: falar o que o povo quer ouvir. Para conferir é só ficar ligado no melhor programa policial do Brasil, o Plantão de Polícia, de segunda a sexta-feira, a partir das 13h, e aos sábados, com o Sábado Total, às 12h20 - logo após o Jornal da Rede, na Redetv Rondônia, canal 17, pela internet www.redetvro.com.br e www.tvjornet.com.br

 



Escrito por dalton di franco às 19h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


DALTON DI FRANCO É CONVIDADO A SAIR CANDIDATO A PREFEITO DE PORTO VELHO

O jornalista Dalton Di Franco foi convidado pela direção do PDT a sair candidato a Prefeito de Porto Velho. O nome dele deverá ser apreciado pela convenção do partido em data a ser marcada. Profissional experiente na área de comunicação, Dalton Di Franco já foi vereador (em 1988) e deputado estadual (em 1990). Administrador de empresas, é pós-graduado, professor universitário na área de Marketing e atualmente cursa Direito, na UNIRON. Seus programas, Plantão de Polícia, levado ao ar às 13h, de segunda a sexta, e Sábado Total, sempre a partir das 12h15, pela Redetv Rondonia (canal 17), e retransmitido pela TV Diário da Amazonia,l às 20h30, são líderes de audiência no Estado. Em todas as pesquisas seu nome sempre aparece em destaque superando até mesmos os pré-candidatos que estão em campanha já algum tempo. Na maioria delas, Dalton Di Franco é o líder nas pesquisas de intenção dos eleitores de Porto Velho. O nome dele já é discutido também em outros partidos, tendo sido convidado para sair a vice-prefeito. 



Escrito por dalton di franco às 13h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


DALTON DI FRANCO VOLTA DIA 2 DE FEVEREIRO

O jornalista e radialista Dalton Di Franco volta à Redetv! Rondônia no próximo dia 2 de fevereiro, com o programa inédito Sábado Total, a partir das 12h15, e no dia 4, com o Plantão de Polícia, cheio de novidades. Ele ganhou duas semanas de folga para fazer exames de praxe e preparar os novos quadros dos dois programas de maior audiencia na grade local da Redetv!.

Escrito por dalton di franco às 20h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Rapaz é morto a tiros na zona Leste

Veja logo mais, no Plantão de Polícia, às 13h, na Redetv! Rondonia, canal 25, ou pelo satelite digital B-3:

 

Rapaz é morto a tiros na zona Leste

 

Um rapaz ainda sem identificação foi encontrado morto, hoje de madrugada. O corpo estava caído nas imediações da rua Janaina com Santa Luzia, no bairro Igarapé, na zona Leste, informaram policiais da Delegacia de Homicídios.

Segundo informações, um morador chegava da rua quando por volta das 3h da madrugada encontrou o corpo caído na frente de casa. O morador ligou imediatamente para a PM, através do 190.

Uma guarnição compareceu ao local, constatando que o rapaz havia sido morto com a tiro. A bala varou o braço, alojando-se no abdome, causando-lhe a morte. Ele trajava uma blusa com o nome da Escola Flora Calheiros Cotrin. Junto ao corpo havia uma bicicleta.

Policiais da Delegacia de Homicídios estiveram no local, mas não encontraram nenhum documento de identificação. O corpo foi removido ao IML logo após a conclusão da perícia no local.

 

 



Escrito por dalton di franco às 10h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


NOTICIAS DE POLICIA

PLANTÃO DE POLICIA DESTA QUARTA 01-11-2006

Por

Dalton Di Franco

 

Dupla da moto assalta loja de peças

 

Conhecidos como ladrões da moto, dois rapazes assaltaram na manhã desta quarta-feira uma loja de peças para veículos, na rua Rafael Vaz e Silva, próximo da Avenida Nações Unidas. Um dos ladrões ficou na moto enquanto o outro, de arma em punho, invadiu a loja, pegou o dinheiro. Os dois fugiram em seguida. A PM foi acionada para caçar os ladrões.

Segundo as vítimas, a dupla de ladrões é a mesma que assaltou um funcionário do Diário da Amazônia, na sede do jornal, e um empresário, no bairro Lagoinha, na semana passada. Eles seguem as vítimas desde a agência bancária e depois de algum tempo fazem a abordagem.

 

Acidente mata dona de casa

 

A dona de casa Marly Cruz da Luz, de 36 anos, morreu em conseqüência de acidente ocorrido no dia 29 de outubro passado, na BR-364, próximo ao Cemetron.

Segundo a Polícia, Marly estava de carona em uma motocicleta quando sofreu o acidente. Ela ainda chegou a ser levada ao Hospital João Paulo II, vindo a falecer por volta das 3h40 da madrugada de ontem.

       

Mulher é achada morta no bairro Nacional

 

Uma mulher de identidade ainda desconhecida foi encontrada morta na tarde de ontem 31. O corpo estava jogado em um matagal ao lado de um campo de futebol, conhecido como Campo do Poeirão, no bairro Nacional. Os policiais Nogueira e Izaias investigam o crime. Eles suspeitam que a mulher tenha sido violentada e depois morta por asfixia. Ela trajava apenas o sutiã.

 

Ladrões roubam moto em Machadinho

 

 

Dois ladrões, um deles armado, assaltaram Queila do Carmo Barros, de 19 anos, na Linha MA, a 23 km de Machadinho do Oeste, por volta das 16h. Eles estavam numa moto CG, de cor vermelha, placa não fornecida. O carona desceu da garupa e com uma arma em punho, tomou a moto de Queila, uma moto NXR–Bros 125, de cor preta, sem placa. 

 

 

Porto Velho-RO, 01de novembro de 2006.

 

 



Escrito por dalton di franco às 12h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


MAIS NOTICIAS DESTA QUINTA 05-10-2006

Ponte quebra e homem morre esmagado

 

Um homem identificado como Paulo Evangelista Lopes, de 48 anos, morreu em um acidente ocorrido por volta das 18h de terça-feira, nas imediações do Projeto Jacinópolis, no km 55 da BR-421. A ocorrência foi registrada ontem na Delegacia de Polícia de Buritis.

Segundo o que a Polícia apurou, o caminhão Mercedes Benz, de cor azul, placa BS- 2245, conduzido Alcebíades Alves da Silva, de 33 anos, transportava um trator de esteira. Paulo Evangelista estava na carroceria do veículo. Ao passar no local, a ponte quebrou, o caminhão caiu e Paulo Evangelista morreu esmagado.

 

Casal briga em casa e acaba baleado por fugitivo

 

Alexandre Pereira de Souza, de 38 anos, e Julia de Oliveira, estavam discutindo dentro de casa, na rua Tarauacá, bairro do cafezinho, em Ji-Paraná, ontem à noite, quando foram atingidas por tiros no tórax e no rosto. Alexandre e Julia foram socorridas ao hospital municipal. A Polícia identificou o autor dos disparos como sendo Celso Souza Teodoro, fugitivo do presídio Agenor de carvalho. Ele efetuou os disparos e evadiu-se do local. A ocorrência foi registrada pela Polícia Civil como tentativa de homicídio.

 

Boliviano baleado é socorrido em Guajará-Mirim

 

Mário Bramini Beckrich foi morto com vários tiros no abdômen e no peito durante uma briga com Daniel Llhanos Gutierrez. O homicídio aconteceu ontem por volta das 17h, no posto oficial da Bolívia, em Guayara Merin.

Segundo o comissário da Polícia Civil em Guajará-Mirim, mesmo o crime tendo ocorrido em território boliviano e não envolvendo nenhum brasileiro, Beckrich foi levado para o hospital de Guajará-Mirim. Não resistindo aos ferimentos ele morreu.

 

Mulher alega estupro, mas foge da Polícia

 

Uma mulher de 20 anos fugiu da Central de Polícia na madrugada desta quinta-feira depois de registrar uma ocorrência de que teria sido estuprada. Ela não quis fazer o exame de conjunção carnal no IML que atestaria ou não a violência sexual, informou o delegado Carlos Alberto Marques Ribeiro Filho.

Segundo a mulher, o fato teria ocorrido por volta de 1h16 da madrugada, na rua Estandarte, 7.467, no bairro Cuniã. Ela contou que estava bebendo em um bar com um homem quando chegou um amigo dele, que seria irmão de um vereador na Capital.

A mulher ainda contou que continuou no bar bebendo com o acusado enquanto o outro se retirou. Algum tempo depois os dois foram para a casa do acusado e que ali mantiveram relações sexuais.

Após o ato, a mulher disse que ligou para a Polícia Militar, informando ter sido estuprada. Uma guarnição esteve no local e conduziu os dois a Central de Polícia. Detido, o acusado negou a acusação e disse que a vítima havia inventado a história porque ele não quis pagar. “Eu já havia pago a despesa do bar”, completou.

Os dois foram ouvidos pelo delegado de plantão, mas o flagrante não foi lavrado porque a vítima fugiu da delegacia quando soube que teria que fazer o exame no IML. O conduzido fez o exame, pois estava arranhado no pescoço. A ocorrência foi encaminhada a DDM para maior apuração.

 

Porto Velho, 05 de outubro de 2006



Escrito por dalton di franco às 15h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PLANTÃO DE POLICIA

Por

DALTON DI FRANCO - QUINTA 05-10-2006

Ladrões roubam farda, coletes algemas da casa de PM

 

Três ladrões assaltaram a casa do PM Aparecido da Silva Bueno, na Avenida Calama, 1024, no bairro Calama, por volta das 7h da manhã da quarta-feira.

Segundo informações, O PM estava trabalhando quando recebeu um telefonema da esposa. Ela contou que estava em casa quando foi surpreendia pelos ladrões, sendo dois homem e uma mulher.

Armados com revolveres, os ladrões anunciaram o assalto. Roubaram um televisor de 21 polegadas de tela plana, um aparelho de som micro systen, três aparelhos celulares, diversas peças de roupas e a quantia de R$ 100,00.

Os ladrões levaram ainda um fardamento da Polícia Florestal, um colete à prova de bala e um par de algemas. A ocorrência foi registrada no 8º DP como roubo em residência.

 

 



Escrito por dalton di franco às 15h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


É um prazer ter você aqui.



Escrito por dalton di franco às 10h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis